Skip navigation


Depois de tanto tempo… lá vamos nós retomando este espaço tentando levar um pouco de poesia à vida dos amantes dessa nobre arte.
 
                              POEMA
 
Partem tristes os meus olhos
para longe tão distante dos teus
 
No meu peito sufoco o amor
que é tanto
que nem se ouve
 
O brado morno dos meus lábios
que não consegui reter
 
Assim fujo para bem longe
onde distante não possa haver
 
Lembranças dos meus desencantos
sem sombra de mim ou de você.
 
J. Sollo
Anúncios

2 Comments

  1. Deveras,amigo Jorge desperta dentro de vc um poeta.Li todas as poesias e eu em meu humilde depoimento te tigo:va a luta,que transborda em vc muita criativiade e domínio.Parabens!!!!

  2. Valeu Márcia. Quando as pessoas que nós prezamos reconhecem nosso valor, dá-nos mais motivos ainda para nos revelarmos em beleza. Espero que volte outras vezes. Abraços.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The Picture Book Review

Reviews of Children's Board Books, Picture Books, Activity Books, and Graphic Novels

Portal CQC

Seu portal de notícias sobre o CQC!

Pe. Joãozinho, scj

Just another WordPress.com site

Danimaiolo's Blog

Just another WordPress.com site

%d blogueiros gostam disto: