Skip navigation


Pétalas caem das flores

Inertes, imóveis pelo caminho

Nele estão as marcas de teus passos

Sabes que fico embevecido em teus desenhos

No teu rastro gostaria de adivinhar nosso futuro

Mas tu andas tão altiva

Teus olhos são tão belos!

E teu olhar fita o infinito

E sou como cinza sob teus olhos

Mas desejo ser todas as cores

Para sozinho colorir teu mundo

E sou apenas o caminho por onde passas…

Mas se eu fosse o vento desalinharia teus cabelos

Com eles faria mil arabescos, e nas altura te levaria

A voar num sonho pelas estrelas

Não conheço teu sonho, nem sei se voas

talvez só queiras ser andarilho

Pois eu sei que quando acordas

Põe teus pés sobre mim

Eu quero ser a estrada em que andas

Não obstante suplico que não pises o meu amor

Pois pisarias tu! Um amor que enfeita

de pétalas teus caminhos?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The Picture Book Review

Reviews of Children's Board Books, Picture Books, Activity Books, and Graphic Novels

Portal CQC

Seu portal de notícias sobre o CQC!

Pe. Joãozinho, scj

Just another WordPress.com site

Danimaiolo's Blog

Just another WordPress.com site

%d blogueiros gostam disto: