Skip navigation


Essa é a última parte do conto se você ainda não leu as anteriores segue o link da primeira parte do conto, leia o inicio primeiro depois a parte seguinte até terminar.

https://jorgeluis30.wordpress.com/2012/03/28/o-susto-primeira-parte/

… Brenda sempre sorrindo de qualquer coisa e arrastando as amigas nessa alegria. Esse dia foram como sempre comprar amendoim na parte térrea do prédio da escola. Vinham como todos os dias caminhando displicentemente e com estrépito, não perceberam que cruzavam com um senhor que ao vê-las sorrindo , achou que a coisa era com ele.

– Vocês são muito salientes! Não respeitam os mais velhos – disse furioso.

– Não meu senhor, não estávamos rindo do senhor – respondeu Maria sem conter o riso.

– Ah! E continua debochando? – continuou furioso.

– É melhor a gente sair daqui – disse Brenda, medrosa.

– É porque eu vou pegar vocês, suas atrevidas – disse o homem cada vez mais descontrolado.

As moças viram que era mesmo sério, o velho parecia que as atacaria a qualquer momento. Depois de consultarem-se brevemente com olhares, foi um “salve-se quem puder”. As cinco fugiam em desabalada carreira sempre com o velho em seu encalço, apesar de aparentar idade avançada, rivalizava com elas em destreza e corria agilmente pelas ruas de paralelepípedos.

Vendo que não conseguiriam vencê-lo pelo cansaço tomaram uma das ruas transversais, quando chegaram à primeira esquina lá estava seu perseguidor cortando-lhes o caminho. Demoraram um bom tempo nessa perseguição, o velho não desistia nunca, as moças não conseguiam despistá-lo, pois tanto corriam quanto riam. O que lhes atrapalhava a vantagem.

Nesse momento as lojas principiavam a abrir suas portas a fim de começar mais um dia de venda. As moças sem demora invadiram a primeira que encontraram aberta, com o intuito de esconderem-se, o homem para o infortúnio delas percebeu a manobra e enveredou pela loja disposto a dar-lhes um corretivo.

E assim continuava a perseguição por entre ruas e becos. Finalmente as moças já esgotadas deram-se conta que o velhusco não mais as perseguia; pararam aliviadas para um merecido descanso.

Passaram-se alguns dias e o episódio já cairia no esquecimento não fosse outro susto protagonizado por elas mesmas.

Foi assim: desceram certo dia às lojinhas do térreo do prédio que funcionava na escola, procurando nas lojinhas por amendoim, seu petisco preferido. Escolheram o local onde efetuariam a compra e perceberam estarrecidas que o vendedor não era outro senão o senhor que havia perseguido dias antes.

E no mesmo instante largaram as compras e saíram em disparada sem ao menos olhar para trás.

Depois dessa não mais sentiram vontade de comprar amendoim.

 

FIM

 

 

 

Anúncios

One Trackback/Pingback

  1. […] https://jorgeluis30.wordpress.com/2012/05/27/o-susto-ultima-parte/?postpost=v2 -5.080419 -45.600711 Share this:CompartilharTwitterEmailFacebookPrintDiggStumbleUponLinkedInRedditGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. « O SUSTO (PRIMEIRA PARTE) LOAS PRA GENTE QUE SONHA » […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The Picture Book Review

Reviews of Children's Board Books, Picture Books, Activity Books, and Graphic Novels

Portal CQC

Seu portal de notícias sobre o CQC!

Pe. Joãozinho, scj

Just another WordPress.com site

Danimaiolo's Blog

Just another WordPress.com site

%d blogueiros gostam disto: